Imagens

Imagens

  1. -:-- / -:--
  2. -:-- / -:--
  3. -:-- / -:--
  4. -:-- / -:--
  5. -:-- / -:--
  6. -:-- / -:--
  7. -:-- / -:--
  8. -:-- / -:--
  9. -:-- / -:--
  10. -:-- / -:--
  11. -:-- / -:--

André Sardet editou em 1996 o álbum “Imagens”, um álbum de canções descobertas pelos acordes da sua guitarra, na intimidade do seu quarto.

André Sardetrodeou-se de excelentes músicos e conseguiu obter um resultado final de excelente qualidade técnica e artística: pessoas como Filipe Larsen (baixo), que também assumiu a produção do trabalho, Francisco Martins (guitarras), Miguel Braga (pianos e sintetizadores, Zézé N´Gambi e Cenoura (bateria), Tomás Pimentel (trompete), Edgar Caramelo e Naná Sousa Dias (sax), são entre muitos outros músicos que dispensam apresentação.

O produto final dessa colaboração é um resultado coeso, excelentemente interpretado, donde ressalta a voz límpida transparente e intensa de André Sardet.

“Imagens” foi o primeiro grande passo de André Sardet, uma aposta sólida na sua promissora carreira. Desse trabalho foi extraído o primeiro single “O Azul do Céu” – Tema que rapidamente chegou aos primeiros lugares dos tops de algumas rádios nacionais e locais. Como segundo single foi extraído o tema “Não Mexas No Tempo” que conta com a participação de Vivianne. Frágil, o inesquecivél tema de Jorge Palma é já o terceiro single e tem como convidado muito especial o saxofonista norte-americano Ernie Watts.